Notícias

Imprimir | Enviar para um amigo

Camaçari ganha de volta a fabrica da Britânia

Britânia negocia retorno a Camaçari


Nos próximos 180 dias, a fábrica Britânia retoma parte das atividades em Camaçari. O acordo foi firmado durante reunião com o prefeito Luiz Caetano e o diretor presidente da Britânia, César Isaacson Buffara.De acordo com o diretor presidente da empresa, as atividades vão ser retomadas o mais breve possível, como Central de Distribuição Logística, e outras empresas serão parceiras do projeto.A expectativa é de que sejam abertas cerca de 400 postos de trabalho no Município.

Entre os objetos do acordo, que está sendo formalizado juridicamente, ficaram estabelecidas a retirada das ações judiciais e o compromisso de priorizar, na contratação de pessoal, os funcionários demitidos pela empresa em fevereiro deste ano, quando a Britânia surpreendeu todo o Estado encerrando as atividades industriais.

Na ocasião, a Britânia se retratou junto ao governo e assumiu o compromisso de enviar nos próximos oito dias uma declaração pública se desculpando com a população pela forma como encerrou as atividades no Município. Diante da postura da empresa, o prefeito Luiz Caetano aceitou as alegações, não apresentando nenhuma objeção quanto ao retorno da Britânia. “O interesse do governo é que cada vez mais empresas gerem emprego e renda para o Município”.

 

Ver outras notícias


Vanderlei

Essa empresa nasceu no Paraná, na cidade de São José dos Pinhais, ganhou fama, e por causa de mão de obra mais barata se mandou para Bahia e deixou o Paraná na mão, eu nao compro nada dessa marca.










Publicidade